CEIA DO SENHOR NOS CONDUZ A RENOVAÇÃO E AO ARREPENDIMENTO

 

TEXTO: Isaías 1.1-20: O Senhor Deus diz: “Venham a mim, vamos discutir este assunto, os seus pecados os deixaram manchados de vermelho, manchados de vermelho escuro (carmesim); mas Eu os lavarei, e vocês ficarão brancos como a neve, brancos como a lã.”

 

Deus usou o profeta Isaías para transmitir uma mensagem de Juízo e livramento para o seu povo. Isaías começa a anunciar que Deus irá castigar Jerusalém por causa da maldade e por terem abandonado o Senhor.

Do ponto de vista humano, a nação estava prosperando, mas do ponto de vista divino espiritual Deus compara a condição espiritual de seu povo a situação de um campo de batalha devastado.

No v.7 o profeta declara: “A terra de vocês está arrasada, as cidades foram destruídas pelo fogo. Na presença de vocês, os estrangeiros arrasaram a sua terra, e ela ficou em ruínas. Os estrangeiros acabaram com ela”.

Percebemos através da Palavra que o pecado tem efeito devastador, mas nossa esperança esta em Deus que pode nos restaurar.

Neste capitulo o profeta descreve a queixa de Deus e a sua insatisfação com a frieza espiritual do seu povo. A dormência espiritual do povo era tão grande que Deus responde dizendo-lhes que recusará suas orações, seus sacrifícios e até mesmo o culto, pois não havia sinceridade em seus corações.

Nos versos 15, 16, 17 e 18 Deus diz: “Quando vocês levantarem as mãos para orar, Eu não olharei para vocês. Ainda que orem muito, Eu não os ouvirei, pois os crimes mancharam as mãos de vocês. Lavem-se! Não quero  mais ver suas maldades! Parem de fazer o mau e aprendam a fazer o que é bom. Tratem os outros com justiça; socorram os que são explorados, defendam os direitos dos órfãos e protejam as viúvas. Venham a mim, vamos discutir esse assunto. Os seus pecados os deixaram manchados de vermelho, manchados de vermelho escuro; mas Eu os lavarei, e vocês ficarão brancos como a neve, brancos como a lã”

Impressionante é que essas pessoas que estavam em pecado, consideravam-se religiosas. Achavam mesmo que suas práticas religiosas estavam sendo aprovadas por Deus.Mesmo sem arrependimento continuavam oferecendo sacrifícios, sendo que não compreendiam que sacrifícios nada significam para Deus se estão vindo de corações que abrigam a maldade.

Deus deseja que o amemos, que verdadeiramente confiemos nEle e nos afastemos do pecado. Deus está fazendo um convite no vs.18.

 

O carmesim era uma tinta vermelha, que de tão forte era impossível de ser removida das roupas.

 

A maioria das pessoas acha que as manchas de alguns pecados são permanentes, mas Deus esta nos mostrando que irá removê-las de nossas vidas.

Deus faz um convite ao seu povo, para nos mostrar que não precisamos ter uma vida permanentemente manchada pelo pecado, pois há outra opção, existe solução.

Vejamos o vs.19 Se. vocês forem humildes e me obedecerem,, vocês comerão das coisas boas que a terra produz.

A palavra de Deus nos assegura que se formos obedientes e dispostos, Cristo nos perdoará e removerá todas as manchas, ou seja, nossos pecados.

 

Vamos ver o que  salmista tem a nos dizer no Sl. 51:1-7.

O salmista clama a Deus para que seus pecados sejam removidos, com coração quebrantado e arrependido alcançamos de Deus renovação.

“o arrependimento nos prepara para a presença de Deus. Pois é do quebrantamento que nasce a pureza e então entra a misericórdia de Deus nos transformando em nova criatura”.

Muitos dos que se dizem cristãos na quarta feira de cinzas vão às igrejas, depois de vários dias envolvidos com um culto a carne, que é o carnaval.

Isso  não é verdadeiro arrependimento, pois não há quebrantamento e estas pessoas voltam a fazer as mesmas

coisas de antes…

 

Arrependimento significa: “mudança de posição”, e não havendo  mudança de comportamentos e atitudes. Não existe arrependimento.

Não há arrependimento sem quebrantamento.

É importante deixar claro que o poder purificador do sangue de Cristo pode remover a mancha mais  profunda do pecado.

Era certamente isto que João tinha em mente ao dizer que “….o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado…”. (I Jo. 1.7)

Não podemos esquecer que purificação começa com arrependimento, com desejo sincero de mudar, de agradar a Deus e viver um verdadeiro cristianismo.

Existe um famoso quadro onde, o artista representou Jesus à porta.

A porta é o coração do homem. A idéia desta obra é que Jesus está sozinho e vem em busca de  encontrar cada pessoa pessoalmente.

Jesus esta retratado neste quadro, com uma coroa de espinhos que está em sua cabeça simbolizando seu amor pleno por nós..

Ele usa vestes brancas simbolizando pureza. Tem um peitoral de jóias para indicar a riqueza da vida que promete conceder a todos que o receber…

A porta pintada tem várias barras de ferro e estas estão muito enferrujadas. Este é um sinal de que essa porta não se abre há muito tempo. Observamos que a porta não tem fechadura,

“porque está representada a porta do coração; e esta é uma porta que só se abre pelo lado de dentro”.

Por essa razão que lemos em Ap 3.20: “Se alguém abrir a porta, eu entrarei…”.

Jesus esta a porta do nosso coração. Ele nos faz um convite para mudança de vida, Ele nos chama para mais consagração, mais vida de santificação e comunhão.

É importante repetir que esta porta só pode ser aberta por você.

Deus não nos força, Ele prefere nos conscientizar. Ele não arromba portas, mas prefere pedir que abramos voluntariamente nosso coração para que experimentemos o seu poderoso amor e graça.

É isso que a ceia do Senhor representa… Renovação e Arrependimento…

 

Que Deus nos abençoe!