QUEM NOS APRESENTA JESUS?
É A BÍBLIA

ELA NOS REVELA JESUS COMO DEUS E TAMBÉM COMO HOMEM
Fp 2.6-8.

Embora fosse totalmente Deus, recusou-se usar as atribuições divinas abrindo mão delas.
A palavra “esvaziou-se” pode ser traduzida como: “Ele se fez nada”, isto é:
Não veio como um Imperador poderoso, mas como humilde servo –
Mc 10.45.
Não veio num corpo especial, angelical ou emprestado, mas num corpo humano permanente e completo;
Voluntariamente se humilhou, submetendo-se ao Pai em tudo.
Sendo totalmente homem, utilizou somente os recursos que o Espírito Santo e a Palavra lhe concediam. Portanto, ele era Deus e era homem.

A BÍBLIA TAMBÉM REVELA QUE JESUS FAZ PARTE DE UMA TINDADE
Jesus é o segundo membro da Trindade
Jo 14.8,9.
Jesus existia antes de ter nascido como Jesus de Nazaré, não teve começo nem fim:
Jo 17.5.
Afirmou que existia antes de Abraão nascer. Ele se declarou o “EU SOU”, o sagrado nome de Deus, Yahweh.
Jo 8.58.

Deus é um ser que se manifesta em três pessoas – “um em substância e três em subsistência”.
Por exemplo: o Sol é composto de matéria, luz e calor.
Vamos comparar: o corpo material do Sol que vemos no céu é o Pai, a luz que nos alcança e espanta as trevas é Jesus e o calor que sentimos e nos aquece é o Espírito Santo.
Três elementos agindo de formas diferentes, fazendo parte do mesmo todo e com a mesma essência.
A BÍBLIA ALERTA QUE JESUS ESTAVA NO VELHO TESTAMENTO
Se Ele existia antes de ter nascido como Jesus de Nazaré, qual era seu nome e o que fazia?
Há passagens do Antigo Testamento que nos dão algumas informações sobre a manifestação de sua pessoa e ação:
Jesus era a Palavra (o Verbo)
João 1.1,2, 14.
Jesus é chamado de a Palavra ou o Verbo que estava no princípio. Portanto, quando Deus diz: “Haja luz”, esta é a ação da Palavra de Deus (o Verbo), a manifestação de Jesus antes de nascer na terra.
Gn 1.1-3.
Ele continua sendo chamado assim,
João 1.4. Ap. 19.13.
Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito.
João 1.3.
NEle tudo subsiste.
Col. 1.16,17, 18,19 e 20.
Além de estar participando ativamente da criação de tudo, Ele mantém tudo que hoje existe.

Jesus era o “Filho”, cujo nome não era conhecido
Provérbios 30.4
Uma vez que só Deus subiu ao céu e desceu (primeira pergunta), e fixaram os limites da terra, a resposta à última pergunta somente poderá ser: “Cristo, cujo nome é Jesus”.
Mt 1.21.
Jesus era o “Príncipe do Exército do Senhor”
Josué 5.13-15.
O Príncipe do Exército do Senhor era Deus, pois anjos não aceitam adoração dos homens.
Apocalipse 19.10.
esus era “o Anjo do Senhor” revelado a Moisés
Êxodo 3.2-5.

O Senhor e o Anjo do Senhor trabalharam juntos nesta manifestação diante e Moisés.
A ordem de tirar as sandálias porque o lugar era santo (devido à presença do Senhor) foi à mesma que Josué recebeu.

Embora não saibamos o nome dele no antigo Testamento, podemos perceber sua ação e presença através destas manifestações.

Antes de existir como Jesus de Nazaré, o segundo membro da Trindade manifestou-se, de forma discreta, como a Palavra, Agente da Criação, o Filho de nome não conhecido, o Príncipe do Exército do Senhor e o Anjo do Senhor.
Deus se fez homem e veio habitar entre nós.

Pr. Tubal Monteiro
22.03.2015