O perdão é algo divino e maravilhoso. É um ato tão importante que, certo dia, Pedro se aproximou de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?”. E Jesus, com toda a sua sabedoria e serenidade, respondeu: “não até sete, mas até setenta vezes sete” (Mateus 18:21-22).
Pedir perdão a um irmão e perdoar quem nos feriu são atitudes difíceis de serem tomadas se o Espírito Santo não habitar em nossos corações. Porém, tenho notado que muitos têm achado mais fácil dar o perdão a alguém do que perdoar a si mesmos. Não são poucos os casos que conheci de pessoas que não conseguiam se perdoar por algum erro que cometeram. Os sentimentos de culpa, remorso e arrependimento, são inimigos constantes dessas pessoas e trazem junto a humilhação, vergonha, medo e a maior consequência: a auto-punição.

Perdoar a si mesmo talvez seja um dos maiores desafios do ser humano, pois está relacionado com a capacidade – e também dificuldade – que cada um tem de se amar e se aceitar. Algumas chegam ao ponto de se culparem por terem nascido e pensam que são um grande fardo na vida dos outros. Para compensarem esse sentimento de rejeição, elas passam a vida toda tentando mostrar aos outros o quanto são úteis e importantes (como forma de provarem para si próprias que são merecedoras da vida).
Se você também sofre com isso, você deve se perdoar para começar uma nova vida com Deus! Todos nós temos uma tendência em exigir mais de nós do que das outras pessoas. Talvez você ache que não mereça ser perdoado(a) porque você o seu erro foi grave demais e agora você deve ficar se lembrando o tempo todo, como uma forma de penitência. Na Bíblia, não existe uma passagem que fale especificamente sobre perdoar a si mesmo, mas há alguns princípios sobre o perdão que devem ser aplicados. Por exemplo: quando Deus nos perdoa, a Bíblia ensina que Ele não se lembra mais dos nossos pecados. “Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados” (Jeremias 31:34).
Essa palavra não quer dizer que Deus se esquece de nossas falhas, mas sim que Ele ESCOLHE não levar em conta o que fizemos no passado e que já foi perdoado. Veja o que Pedro disse em Atos 10:34: “Agora percebo verdadeiramente que Deus não trata as pessoas com parcialidade“. Ou seja, Deus não faz acepção de pessoas; Ele não escolhe perdoar um filho e outro não. Ele perdoa todos aqueles que se arrependem e recebem Jesus Cristo como único Senhor e Salvador. Então, sugiro que você faça como Deus e perdoe a si mesmo, assim como você perdoa as outras pessoas! Isso não quer dizer que você vai esquecer o que aconteceu, mas sim que você não vai mais se lembrar daquilo de forma negativa, porque se até Deus te perdoou, por que você não se perdoaria?

PERDOAR SÓ DEPENDE DE VOCÊ

A vida é cheia de escolhas e cada escolha que fazemos nos levará a uma direção. Perdoar a si mesmo não irá tirar de você as consequências do passado nem justificará o que você fez. Perdoar-se é uma escolha que te dará força, ânimo e coragem para viver a vida vitoriosa que Deus tem para você, ao invés de fazer com que você seja uma vítima dos seus próprios lamentos.

NÃO SEJA ORGULHOSO(A)

Você pode não saber, mas não se perdoar pelos erros do passado é uma forma de orgulho. Sempre que criamos um monte de regras com padrões mais altos para nós, do que para os outros, isso é orgulho. Quando recusamos o perdão que Deus oferece a todos, e recusamos perdoar a nós mesmos, estamos na verdade, nos colocando acima de outras pessoas! “O orgulho vem antes da destruição; o espírito altivo, antes da queda” (Provérbios 16:18). Ou seja: a falta de perdão próprio trará a auto-destruição, um espírito altivo e com isso a queda. Já o perdão trará a paz em Cristo no seu coração.

O PERDÃO É BOM PARA TODOS

Quando você consegue se perdoar, as pessoas que convivem com você também são beneficiadas. Caso contrário, quanto mais você evitar perdoar a si mesmo, mais você vai permitir que esses sentimentos ruins fiquem guardados no seu coração. Isso fará com que você fique mais explosivo(a) e acabará ferindo a si mesmo e aqueles que estão ao seu redor.

DÊ A VOLTA POR CIMA COM JESUS

A verdade é que você não pode mudar o que já passou. No entanto, você pode dar a volta por cima e escrever um novo começo em sua história! Então, perdoe-se e deixe que Jesus comece a te curar. Vá até o secreto do seu quarto, dobre seus joelhos e ore ao Senhor (Mt 6:6). É importante que você faça essa oração em voz alta, pois você precisa se ouvir perdoando a si mesmo. Isso mudará o rumo de sua vida! Deus te abençoe.